Windows 11 e chips TPM (Trusted Platform Module)

O novo Windows 11 exigirá que seu computador ou notebook tenha chips TPM (Trusted Platform Module). Mas o que é TPM e por que ele é exigido no Windows 11 e de que forma esses chips integrados à placa mãe oferecem maior segurança ou otimizam a produtividade do sistema operacional da Microsoft?

Chips TPM são projetados para oferecer maior segurança e privacidade aos usuários da plataforma, os produtores de hardware implementam o TPM em suas plataformas para dar suporte aos cenários de privacidade e segurança que o software sozinho não é capaz de oferecer, principalmente durante o processo de inicialização do sistema.

Alguns motivos que a Microsoft exigirá chips TPM para uso do Windows 11:

  • Proteção em nível hardware em vez de apenas software
  • Usados amplamente em notebooks e desktops gerenciados pela T.I
  • Ataques de Ransowares em constante acessão nos dias atuais
  • Não depender do usuário quanto as atualizações de segurança

O objetivo principal então é prevenir e aumentar a segurança do sistema operacional, sendo o Windows o sistema mais utilizado no mundo e o mais visado para ataques. Então antes de adquirir o novo Windows 11, tenha certeza que seu equipamento conta com esta tecnologia.

Fonte : Tecnoblog

Publicado em 29/06/2021

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.